terça-feira, 9 de maio de 2017

Novidade ASA do mês de maio: A DUQUESA ACIDENTAL, Madeline Hunter

terça-feira, 9 de maio de 2017
Um livro para todas as fãs fiéis dos romances femininos publicados pela ASA. A Duquesa Acidental, de Madeline Hunter,  uma das autoras com mais livros vendidos em Portugal, é o quarto volume da série O Quarteto Fairbourne.

Sobre o livro
Por vezes, perder tudo significa ganhar muito mais...

Lady Lydia Alfreton esconde um segredo: um manuscrito escandaloso, escrito por ela, e que a arruinaria se se tornasse público. Por azar, este texto proibido vai parar às mãos erradas, e Lydia torna-se alvo de um chantagista sem escrúpulos. Menos secreto é o seu pequeno (e único) vício. Pois Lydia é presença constante nas mesas de jogo da sociedade inglesa. Mas talvez resida aqui a solução para o problema... Desesperada, a jovem decide aceitar uma velha aposta que o arrogante duque de Penthurst lhe propôs. Se ganhar, vai poder pagar ao chantagista. Se perder, a sua inocência pertencerá a Penthurst, um homem a quem odeia profundamente...
Lydia está confiante, porque tem tido sempre sorte. Mas desta vez a Fortuna parece querer atraiçoá-la, pois perde a aposta. Agora, para além do chantagista, tem de lidar também com os avanços de um perigoso duque que está disposto a tudo para a ter como sua duquesa...

Sobre a autora
Madeline Hunter publicou o seu primeiro romance em 2000. Já foi por duas vezes galardoada com o prémio RITA, da Romance Writers of America. 
Os seus livros figuram na lista dos mais vendidos do New York Times e USA Today e é uma das autoras favoritas da publicação Romantic Times. As suas obras encontram-se traduzidas para doze línguas, tendo vendido mais de seis milhões de exemplares. 
Doutorada em História de Arte, é professora académica e vive nos Estados Unidos.


336 páginas
P.V.P: 16, 90 €
Lançamento a 9 de maio

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Novidades Literárias Maio 2017

segunda-feira, 8 de maio de 2017
A Sociedade dos Sonhadores Involuntários


Título: A Sociedade dos Sonhadores Involuntários
Autor: José Eduardo Agualusa
Editora: Quetzal Editores
Sinopse:  O jornalista angolano Daniel Benchimol sonha com pessoas que não conhece. Moira Fernandes, artista plástica moçambicana, radicada em Cape Town, encena e fotografa os próprios sonhos. Hélio de Castro, neurocientista brasileiro, filma-os. Hossi Kaley, hoteleiro, antigo guerrilheiro, com um passado obscuro e violento, tem com os sonhos uma relação ainda mais estranha e misteriosa. Os sonhos juntam estas quatro personagens num país dominado por um regime totalitário à beira da completa desagregação.
A Sociedade dos Sonhadores Involuntários é uma fábula política, satírica e divertida, que desafia e questiona a natureza da realidade, ao mesmo tempo que defende a reabilitação do sonho enquanto instrumento da consciência e da transformação.

O fim da história



Título: O fim da história
Autor: Luis Sepúlveda
Editora: Porto Editora
Sinopse: Juan Belmonte, protagonista que já conhecemos em Nome de Toureiro, vive com a sua companheira, Verónica, no extremo sul do Chile. Ambos tentam escapar à sombra do que foram: ele, um guerrilheiro feito de muitas lutas por todo o continente americano; ela, uma das milhares de vítimas torturadas na infame Villa Grimaldi, durante a ditadura de Pinochet. Agora, uma voz do passado faz soar um alarme que é também uma chantagem. Um grupo de mercenários acaba de partir para Santiago a fim de resgatar Miguel Krassnoff, o mais cruel dos criminosos da ditadura do país que o acolheu e, simultaneamente, herdeiro do último comandante dos Cossacos - timoneiro ideal para a criação de um estado Cossaco independente dentro da Rússia. Belmonte terá de sabotar a missão deste comando, mas também ele tem uma palavra a dizer quanto ao destino reservado a Krassnoff, o único que torturava de cara descoberta…
Revelando uma vez mais o excecional talento narrativo e a doce veia poética a que habituou os seus leitores, Luis Sepúlveda regressa ao thriller de forma destemida, levantando o manto sem fronteiras que encobre os perpetradores de crimes contra a humanidade.

Livrarias



Título: Livrarias
Autor: Jorge Carrión
Editora: Quetzal Editores
Sinopse: Qual é o significado das livrarias no imaginário coletivo? Qual é o seu papel na História das Ideias e das Letras? Neste brilhante ensaio, Jorge Carrión cria uma possível cronologia do desenvolvimento das livrarias e da sua representação artística - como se transformaram em mitos culturais, em centros de tertúlia e de resistência política.
A Livraria Bertrand do Chiado tinha de ser uma das escolhidas, assim como a Strand, de Nova Iorque, as parisienses La Hune e Shakespeare and Company, a Librairie de Colonnes de Tânger, City Lights de São Francisco e muitas outras

72 Horas - O Último Resgate de Auschwitz


Título: 72 Horas - O Último Resgate de Auschwitz
Autor: Andrew Gross
Editora: Clube do Autor
Sinopse: Europa, 1944. E se houvesse algum preso nos campos de concentração cujo conhecimento pudesse alterar o desfecho da guerra? "72 Horas" é a história de uma missão improvável: o resgate de um único preso, em Auschwitz, em 72 horas. O objetivo é salvar o cientista que pode definir os vencedores da guerra. Mas como se pode escapar do lugar mais bem guardado no mundo? Baseado em factos reais, "72 Horas" é um thriller arrojado e emocionante sobre a Segunda Guerra Mundial. Uma combinação engenhosa e inquietante de sentimentos como o dever, o heroísmo, a coragem e a dor, a perda e a culpa.

A Tentação de Sermos Felizes


Título: A Tentação de Sermos Felizes
Autor: Marone Lorenzo
Editora: Porto Editora
Sinopse: Um velho e cínico «embusteiro». Sem nos alongarmos mais, poderíamos assim definir Cesare Annunziata. Setenta e sete anos de idade, viúvo há cinco, e pai de dois filhos, Cesare decidiu, positivamente, marimbar-se para os outros. As suas opiniões são marcadas por uma ironia feroz, talvez por medo de não ser capaz de continuar a transmiti-las por muito mais tempo, e a sua vida segue o curso normal, rumo ao final previsível e universal, entre os copos de vinho tomados com Marino, o velho neurótico do segundo andar, as conversas indesejadas com Eleonora, a louca «velha dos gatos», e os breves encontros sexuais com Rossana, prostituta e enfermeira a meio tempo, que concede uma especial atenção aos viúvos do bairro. Mas um dia chega ao prédio a jovem e enigmática Emma, casada com um indivíduo sinistro, com quem nada parece ter em comum, e Cesare não demora muito a perceber que há algo de errado no casal. No entanto, tal não significa que se vá intrometer… exceto quando recebe um silencioso pedido de ajuda, expresso no olhar triste de Emma. Os segredos que Cesare desvenda acerca dos novos vizinhos, mas, em particular, aquilo que descobre sobre si mesmo, irão formar o enredo deste romance formidável, revelando-nos uma personagem singular, que vive em alegre contradição, entre o cinismo mais feroz e a humanidade mais profunda.

E a Música Continua



Título: E a Música Continua
Autor: Mary Higgins Clark
Editora: Bertrand Editora
Sinopse: Lane Harmon é assistente pessoal de um designer de interiores conceituadíssimo e está portanto habituada a ir a casas luxuosas. O seu mais recente trabalho, numa casa modesta de Nova Jérsia é portanto fora do habitual. Descobre que se trata da casa da mulher de um magnata da finança caído em desgraça, Parker Bennett, que desapareceu há dois anos, juntamente com o fundo de cinco milhões de dólares que geria. A questão acerca do suicídio de Bennett, se terá sido genuíno ou encenado, continua. Tanto os clientes como o governo querem encontrá-lo e ao dinheiro. Mas Lane fica comovida com a fé inabalável da senhora Bennett na inocência do marido. E gradualmente começa também a aproximar-se de Mark, determinado em provar a inocência do pai. Mas quanto mais se aproxima desta famosa família, mais a sua vida (e a do filho de cinco anos) corre perigo.

O Rio das Pérolas



Título: O Rio das Pérolas
Autor: Isabel Valadão
Editora: Bertrand Editora
Sinopse: Maria e Mei Lin podiam ser duas pessoas diferentes. Na verdade, são duas facetas da mesma mulher. Quando Mei Lin, uma menina irreverente, com grandes sonhos, foge do convento e das freiras que a criaram para não se ver condenada a uma vida sem fulgor, predestinada por outros, estava longe de imaginar que a sua escolha a precipitaria para o submundo das casas de ópio e de prostituição de Macau. Mas o destino prega-lhe uma partida e Mei Lin acaba por ser vendida como pei-pa-chai — no fundo, uma escrava sexual.  É então que conhece Manuel, filho de uma das famílias portuguesas mais importantes do Território, alguém que lhe pode dar outra vida. Mas será a nova família capaz de a aceitar? E será que o passado ficou verdadeiramente para trás? Uma viagem por Macau nas décadas de 40, 50 e 60 e pelas contradições da vida num território português às portas da China, no rescaldo da Segunda Guerra Mundial e da guerra sino-japonesa.

Momentos de Vida


Título: Momentos de Vida
Autor: Virginia Woolf
Editora: Ponto de Fuga
Sinopse: Encontrados entre os papéis de Virginia Woolf após a sua morte, em 1941, mas apenas divulgados em 1976, os cinco textos autobiográficos que compõem este volume, até agora inéditos em português, incluem algumas das mais belas e reveladoras páginas escritas pela autora de clássicos como Orlando ou Mrs. Dalloway. Testemunho tão afetivo quanto cerebral, Momentos de Vida propõe aos leitores uma fascinante viagem pelas profundezas da memória e do pensamento de uma das mais icónicas personalidades literárias do século XX.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Um Novo Amanhã

sexta-feira, 5 de maio de 2017
Um Novo Amanhã é um livro intenso, chegando mesmo a ter momentos perturbadores.
É uma história de amizade, amor e, sobretudo, de como se superam traumas.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - Um Novo Amanhã
Autor - Dorothy Koomson
Editora - Porto Editora
ISBN - 9789720048288
Género - Romance
Sinopse -  No final dos anos 80, em Londres, duas meninas de oito anos partilham o mesmo nome e a mesma paixão pelo ballet. Nada as poderá afastar uma da outra, nem do sonho de, um dia, se tornarem bailarinas profissionais mundialmente famosas. Mas um ato de maldade de um homem destrói todos os sonhos de infância e promete derrubar de vez o mundo das duas amigas. E, assim, Veronika e Veronica seguem caminhos diferentes e invisíveis, desprovidos de fantasia ou esperança. Vinte anos depois, as memórias da amizade e a necessidade de mudar de vida vingam, forçando um novo cruzar de caminhos e a busca de um novo rumo, juntas.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Dorothy Koomson

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Apaixonada desde sempre pela palavra escrita, Dorothy Koomson escreveu o seu primeiro romance aos 13 anos. A filha da minha melhor amiga foi o seu primeiro livro editado em Portugal. A história comovente de duas amigas separadas pela mentira e unidas por uma criança encantou as leitoras portuguesas. Pedaços de ternura, Bons sonhos, meu amor, O amor está no ar e Um erro inocente, O outro amor da vida dela e A praia das pétalas de rosa foram igualmente bem-sucedidos, consagrando a autora como uma referência para as leitoras portuguesas. 
Descubra mais em: www.dorothykoomson.co.uk 

quarta-feira, 3 de maio de 2017

O Rapaz e o Pombo

quarta-feira, 3 de maio de 2017
Quem acompanha o Histórias Transmitidas sabe que o Holocausto é um tema recorrente nas minhas leituras.
Este é mais um livro sobre o tema, com a particularidade de abordar a prostituição nos campos de concentração.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - O Rapaz e o Pombo
Autor - Cristina Norton
Editora - Oficina do Livro
ISBN - 9789897415999
Género - Romance
Sinopse -  A história, passada entre os anos 1930 e 1958, gira à volta de três personagens. A principal é um rapaz judeu, que descobre o ódio, o desalento, a ternura e o amor à vida. As personagens à volta dele representam todas as pessoas que passaram por uma das maiores injustiças de todos os tempos. Cristina Norton sentiu também que tinha o dever de escrever e denunciar o que por vergonha as mulheres que haviam sido obrigadas a prostituir-se nos campos de concentração não ousavam contar.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Quando Perdes Tudo Não Tens Pressa de Ir a Lado Nenhum

segunda-feira, 10 de abril de 2017
Este livro entrou para a minha lista de preferidos.
A história é bonita, a escrita bastante boa e é daqueles que nos consegue mexer com os sentimentos.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - Quando Perdes Tudo Não Tens Pressa de Ir a Lado Nenhum
Autor - Dulce Garcia
Editora - Guerra & Paz
ISBN - 9789897022524
Género - Romance
Sinopse -  Um homem, duas mulheres, uma criança. A história de um triângulo amoroso à luz do que são hoje as relações sentimentais, marcadas por separações e recomeços e jogos psicológicos variados. Um romance onde se fala de paixão, desejo, raiva e um medo incrível da loucura. Também tem ameaças, mentiras e sexo. E humor, esse lado cómico que existe em todos os episódios, até nos mais trágicos. O que nos leva a apaixonarmo-nos e deixar tudo para trás? Como é possível mentirmos para obrigarmos alguém a ficar ao nosso lado. É normal um pai não gostar de um filho? E o amor, sempre o amor, é hoje uma doença ou a única terapia? Isabel sempre disfarçou os seus sentimentos debaixo de uma capa de serenidade, sobretudo desde que o irmão enlouqueceu depois de assistir a uma autópsia. Mas apaixona-se. Uma história de amor escandalosamente contemporânea, que fala de desejo e raiva, da violência do fim dos casamentos e da luta em torno da guarda dos filhos, da culpa de quem decide partir e de como isso pode arrasar o futuro.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Dulce Garcia

sexta-feira, 7 de abril de 2017
Dulce Garcia é jornalista desde 1991. É fundadora da revista Sábado, onde exerce atualmente as funções de subdiretora. Colaborou com o Diário Económico, o Correio da Manhã, a Máxima e a GQ, entre outras publicações.
Lembra-se do primeiro dia em que entrou numa biblioteca. Isso mudou a sua vida. Nunca mais parou de ler. A coleção «Dois Mundos» apresentou-a a Hemingway, Somerset Maugham, Dostoievski, Tolstoi, Camus, e a vida atirou-lhe com Kafka, Mishima, Sylvia Plath, Marguerite Duras. Também leu algum lixo, claro. As pérolas brilham mais no meio do aterro. Gostava de escrever como Julian Barnes e Ian McEwan. Não tem ilusões, mas faz o que pode. Quando Perdes Tudos Não Tens Pressa de Ir a Lado Nenhum é o seu primeiro romance.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Os Segredos que Guardamos

quinta-feira, 6 de abril de 2017
"Os Segredos que Guardamos" é um livro que nos fala da devastação da perda e da importância de saber o que aconteceu para se poder seguir em frente.
Gostei bastante.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - Os Segredos que Guardamos
Autor - Kerry Lonsdale
Editora - IN
ISBN - 9789896488864
Género - Romance
Sinopse -  Um dos livros mais vendidos em 2016. Aimee Tierney é uma chefe de cozinha que descobriu a receita perfeita para a vida perfeita: casar com o amor da sua vida, formar uma família e ficar com o restaurante dos seus pais. Mas quando o seu noivo desaparece num acidente de barco, o seu futuro bem arquitetado afunda-se com ele. Enquanto Aimee luta para reconstruir a sua vida, questiona-se cada vez mais quanto ao desaparecimento de James. Uma história sobre a devastação da perda e as repercussões da descoberta da verdade sobre aqueles que nos são mais queridos.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Extensão do domínio da luta

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017
Nunca tinha lido nada de Michel Houellebecq e decidi começar com o seu primeiro romance.
Apesar de não ser um livro alegre e de transparecer uma certa agonia, tem uma escrita acutilante e uma abordagem diferente aos temas atuais.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - Extensão do domínio da luta
Autor - Michel Houellebecq
Editora - Alfaguara
ISBN - 9789896650957
Género - Romance
Sinopse -  Num sistema económico perfeitamente liberal, alguns acumulam fortunas consideráveis; outros apodrecem no desemprego e na miséria. Num sistema sexual perfeitamente liberal, alguns têm uma vida erótica variada e excitante; outros ficam reduzidos à masturbação e à solidão. O liberalismo económico é a extensão do campo da luta, a sua extensão a todas as idades da vida e a todas as classes da sociedade.
Da mesma maneira, o liberalismo sexual é a extensão do campo da luta, a sua extensão a todas as idades da vida e a todas as classes da sociedade.»

O primeiro romance de Houellebecq acompanha a odisseia desencantada de informático de meia-idade, cujo papel é o de observador dos movimentos humanos e das banalidades que se dizem à volta das máquinas de café. A instalação de um software no interior do país dá-lhe a oportunidade de estender o domínio das suas obsevações, enquanto elabora uma teoria completa sobre o liberalismo, seja ele económico ou sexual.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Michel Houellebecq

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017
Michel Houellebecq, nascido a 26 de fevereiro de 1958 na ilha de Reunião, é o enfant terrible da literatura francesa actual. Odiado e amado, os seus livros abordam sempre temas na moda e são altamente polémicos, porque ele tem sempre um ponto de vista iconoclasta sobre os problemas. Tem vários livros editados em Portugal e é um dos romancistas franceses contemporâneos mais traduzidos no mundo. O Prémio Goncourt, o mais prestigioso prémio literário francês, foi-lhe atribuído em 2010 pelo romance O mapa e o território.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O Labirinto dos Espíritos

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017
Quem me segue há algum tempo sabe que gosto muito dos livros de Carlos Ruiz Zafón, particularmente da série O cemitério dos livros esquecidos.
Este livro fecha com chave de ouro esta saga. Apesar do tamanho, a escrita consegue prender o leitor desde a primeira página.
Recomendo.



Ficha Técnica
Título - O Labirinto dos Espíritos
Autor - Carlos Ruiz Zafón
Editora - Editorial Planeta;
ISBN - 9789896578497
Género - Romance
Sinopse -  Novo romance Carlos Ruiz Zafón
Não perca o final da saga iniciada com A Sombra do Vento.

Na Barcelona de fins dos anos de 1950, Daniel Sempere já não é aquele menino que descobriu um livro que havia de lhe mudar a vida entre os corredores do Cemitério dos Livros Esquecidos. O mistério da morte da mãe, Isabella, abriu-lhe um abismo na alma, do qual a mulher Bea e o fiel amigo Fermín tentam salvá-lo.

Quando Daniel acredita que está a um passo de resolver o enigma, uma conjura muito mais profunda e obscura do que jamais poderia imaginar planta a sua rede das entranhas do Regime. É quando aparece Alicia Gris, uma alma nascida das sombras da guerra, para os conduzir ao coração das trevas e revelar a história secreta da família… embora a um preço terrível.

O Labirinto dos Espíritos é uma história eletrizante de paixões, intrigas e aventuras. Através das suas páginas chegaremos ao grande final da saga iniciada com A Sombra do Vento, que alcança aqui toda a sua intensidade, desenhando uma grande homenagem ao mundo dos livros, à arte de narrar histórias e ao vínculo mágico entre a literatura e a vida.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Brian Weiss

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017
Brian L. Weiss licenciou-se magna cum laude na Universidade de Columbia e recebeu o seu diploma de médico na Escola de Medicina da Universidade de Yale. Fez o seu internato no Bellevue Medical Center da Universidade de Nova Iorque e foi residente-chefe do Departamento de Psiquiatria da Escola de Medicina de Universidade de Yale. Presentemente é Director do Departamento de Psiquiatria do Mount Sinai Medical Center em Miami Beach, Florida, e Professor Catedrático no Departamento de Psiquiatria da Escola de Medicina da Universidade de Miami. É especialista em neurologia e no estudo e tratamento de estados de depressão e ansiedade, toxicodependência e doença de Alzheimer.
O Dr. Brian Weiss tem desenvolvido uma intensa e revolucionária investigação no domínio da terapia por regressão a vidas passadas e o sucesso das suas obras, sempre baseadas em casos reais e experiências dos seus pacientes, tem ajudado a ultrapassar as atitudes mais cépticas e a revelar as potencialidades desta inovadora terapia.
Histórias Transmitidas © 2014